GMS Brasil é referência na inclusão social do Jovem Aprendiz

Publicado em 27/11/2019

Há 41 anos no mercado instituição já inseriu mais de 12 mil jovens no mundo do trabalho; meta é dobrar atendimento na próxima década

A figura do Aprendiz Legal tem o objetivo de contribuir para a formação de jovens que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade. É dessa forma que a GMS Brasil contribui, efetivamente, há 41 anos para a inserção de mais de 12 mil jovens no mundo do trabalho através de empresas conveniadas, tornando-se referência para outras entidades do Brasil. A meta é dobrar o número de atendimentos na próxima década, totalizando a marca de 24 mil jovens.

Para Natal José Francisco, presidente da Instituição, a contratação de aprendizes demonstra a responsabilidade social da empresa, uma vez que possibilita a capacitação e ocupação de jovens que talvez não tivessem outra opção para entrar no mundo do trabalho de maneira formal.

O primeiro emprego é importante para oferecer aos jovens a chance de iniciar sua carreira, podendo escolher empresas da área de seu interesse, ou ainda descobrir seus talentos e passar a dar um norte para a vida profissional.

Para a sociedade, a oportunidade para jovens no mundo formal de trabalho significa menos pessoas em risco social ou sujeitas à marginalização, contribuindo para a diminuição de índices de criminalidade, especialmente em áreas menos assistidas. A contratação de adolescentes e jovens por meio do Programa Jovem Aprendiz também contribui para a redução da exploração do trabalho infantil”, pondera.

A lei oferece garantias para ambos os lados, tanto para o jovem interessado em iniciar sua vida profissional, quanto para a empresa que irá contratá-lo oferecendo formação técnica, profissional e uma remuneração mensal.

Em contrapartida, o jovem se compromete com a empresa podendo se desenvolver como um profissional responsável que cumpre com suas tarefas tanto no curso profissionalizante que é oferecido, quanto nas atividades diárias na empresa”, explica o presidente.

No Jovem Aprendiz não é preciso ter experiência na área de atuação da empresa, pois o programa serve exatamente para ensinar o adolescente ou jovem a ter uma qualificação profissional. Através do que será ensinado na teoria e na prática, esse jovem começará a desenvolver seus talentos, colaborando com a empresa e aprendendo noções que farão muita diferença em seu futuro”, complementa Natal José Francisco.

A responsabilidade social conta no quadro da empresa e a faz se destacar em seu segmento, essa é uma das vantagens que o empresário encontra por contratar aprendizes. E não é só isso, empresas que contratam jovens conseguem melhorar a renda de famílias, colaborando com a justiça social do país”, elucida.

Lei

Em vigor desde 2000 e ampliada por decreto federal em 2005, a Lei do Jovem Aprendiz possibilita a inserção no mercado de trabalho de adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos de idade e que estejam frequentando a escola.

O programa é baseado na Lei da Aprendizagem, criada para possibilitar o acesso de jovens ao primeiro emprego, por meio de treinamento técnico, teórico e prático das atividades desenvolvidas em uma empresa. Esse treinamento é dado em cursos, que podem ajudar os participantes do programa a definir a futura carreira ou capacitá-los para a inserção no mercado de trabalho de forma mais rápida após o tempo como aprendizes, o que pode durar até dois anos em uma mesma empresa. Aliado a isso, o jovem aprendiz tem direito às garantias trabalhistas definidas em lei.

Sobre a Guarda Mirim de Suzano / GMS Brasil

Desde 1978, a Guarda Mirim de Suzano/ GMS Brasil contribui com o desenvolvimento de adolescentes, através do fortalecimento da convivência e do vínculo familiar, resultando na inserção, reinserção ou permanência desses jovens no sistema educacional, além de contribuir para o desenvolvimento de potencialidades e da autonomia, trabalhando com questões atuais relacionadas à juventude para despertar o interesse pela participação ativa na sociedade.

A qualificação e inserção social dos jovens no mercado de trabalho é o principal foco de atuação da entidade que é reconhecida por conduta de disciplina e histórico de formação, conceituados. Ao contratarem os alunos da Guarda Mirim, as empresas parceiras cumprem obrigações trabalhistas no que diz respeito aos jovens aprendizes.

Números

Segundo o presidente da entidade, ao longo dos 41 anos a Guarda Mirim já atuou em parceria com mais de  250 empresas, que inseriram mais de 12 mil jovens ao mercado de trabalho. A expectativa agora, é que quantidade de jovens atendidos dobre nos próximos 10 anos.

Projetos

Projeto Voto Consciente visa apresentar aos adolescentes que participam do Curso de Formação Básica da instituição a importância das eleições, da democracia e do voto como exercício da cidadania. Simulando as eleições municipais, fazendo com que todos reflitam sobre as propostas para trazer melhorias para Suzano. Durante o programa, os jovens montam partidos, criam e debatem propostas de governo, lançam candidatura, organizam campanhas eleitorais, de acordo com o Código Eleitoral e votam.

Projeto Empresa Virtual: Oferece aos aspirantes a oportunidade de conhecer e vivenciar o cotidiano corporativo com foco na sustentabilidade e comunicação por meio de atividades práticas.

Os adolescentes criam e gerenciam uma empresa fictícia, tendo ideia de seu funcionamento, rotinas e estrutura. Para tanto, funcionários são contratados e demitidos, e em finalização os jovens montam na instituição toda a rotina do que foi desenvolvido no trabalho escrito. A apresentação final é aberta ao público que se torna o maior avaliador de todo o processo.

Festa da Primavera: Evento anual, aberto ao público, promove com o apoio de guardas mirins e ex-guardas mirins, várias atrações, entre elas, show de talentos, barracas de alimentação, bingo beneficente, desfile de miss e mister. Toda a verba arrecadada tem como destino a realização dos Projetos Faça Uma Criança Sorrir e Natal Solidário. Ambos projetos oferecem as crianças da comunidade um dia especial em celebração as datas festivas dos projetos.

Projeto Faça Uma Criança Sorrir: Visa desenvolver o espírito de solidariedade e o trabalho em equipe na busca de maior integração com a comunidade. Com os donativos arrecadados pela Festa da Primavera, os jovens participantes do curso de Formação Básica, organizam uma festa, preparam atividades recreativas para oferecer aos participantes, embalam os brinquedos, distribuindo-os para as crianças da comunidade previamente cadastradas por eles mesmos. O projeto se encerra com uma grande festa na instituição.

Projeto Natal Solidário, em clima de confraternização de final de ano, este projeto é dedicado às crianças da comunidade, que são previamente cadastradas pelos próprios adolescentes do Curso de Formação Básica e tem a finalidade de oferecer um dia especial com brincadeiras, atividades recreativas e entrega de brinquedos com a participação ilustre do Papai Noel.

Eventos e atividades desenvolvidas em parceria com a prefeitura

Campanha Boa Visão: Participação efetiva dos adolescentes, oferecendo auxilio a prefeitura e fundo social, que proporciona o contato direto com a comunidade de melhor idade (idosos). Atividades: Atendimento ao público, preenchimento de ficha e apoio a organização do evento;

Campanha do agasalho: Projeto oferecido pela prefeitura de Suzano, por meio do fundo social, os adolescentes auxiliam no desenvolvimento da campanha. O projeto tem como objetivo a aproximação com a realidade local na comunidade, os adolescentes participam de toda campanha desde a panfletagem de divulgação para arrecadação das peças até o cadastro das famílias que são beneficiadas com as peças doadas;

Conferência Municipal de Assistência Social: A participação dos adolescentes acontece de forma efetiva durante a organização do evento, no credenciamento dos convidados e participantes, em salas temáticas, nas rodas de discussão elaborando moções e na plenária com direito a voz e voto. Nas duas últimas edições, tivemos jovens da Guarda Mirim de Suzano representando o município na condição de delegado, na Conferência Estadual de Assistência Social.




Contato

GUARDA MIRIM DE SUZANO

Rua Shimpei Sayama, 304 | Jardim Santa Lúcia | Suzano | SP | 08615-230

11 4748.4911
11 4748.6477
11 4759.1378


Rua Tiradentes, 79 | Centro | Suzano | SP | 08674-195

11 4748-8003

gmsuzano@gmsuzano.org.br

/guardamirimdesuzano

© 2019 - Todos os direitos reservados